Assistência e suporte técnico →

BLOG

10 boas práticas mais eficazes para o controle de qualidade na indústria

10 dicas para realizar o controle de qualidade na indústria de forma eficaz, priorizando qualidade do produto e redução de custos

Aprenda como medidas simples podem contribuir para reduzir custos e garantir a produção de produtos com mais qualidade

Não é novidade para ninguém que o controle de qualidade é uma atividade que cada vez mais vem sendo adotada nas indústrias a fim de otimizar os processos, evitar o desperdício, reduzir custos e garantir a qualidade do produto.

Muito se fala sobre gestão da qualidade e sua importância, mas ainda há muitas dúvidas sobre como de fato aplicar todas as informações no dia a dia de trabalho na linha de produção.

Pensando nisso, listamos 10 boas práticas que podem ser adotadas nas indústrias de todos os segmentos e que ajudarão os gestores a obterem melhores resultados. São elas:

Conheça e siga a legislação específica do seu segmento

Antes de pensar em qualquer ação relacionada ao controle de qualidade, é necessário observar o que pede a legislação. As normas regulamentadoras (NR), as Resoluções da Diretoria Colegiada (RDC), bem como as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), são os principais documentos que devem ser lidos e servirão de base para estabelecer um plano de adequação ou melhoria.

Dica: ao final deste artigo, você poderá acessar o link do Blog da Bry-Air e conferir artigos específicos mais detalhados de alguns segmentos com informações sobre as legislações.

2. Estabeleça processos de trabalho claros e bem definidos

Para garantir que a produção siga um mesmo padrão, independentemente de quem são os profissionais envolvidos, o ideal é estabelecer um passo a passo de como os processos devem ser realizados.

É indicado que esses processos sejam escritos em Instruções de Trabalho (IT) ou procedimento operacional padrão (POP). Na internet, há vários sites que disponibilizam modelos desses documentos e que podem ser baixados gratuitamente.  

3. Compre matérias-primas de qualidade

Não há como garantir qualidade se os materiais utilizados na fabricação são de procedência e qualidade duvidosas. Uma forma de garantir a compra de produtos de boa qualidade é verificar se a empresa fornecedora possui algum certificado de qualidade, como ISO 9001, por exemplo, e se está devidamente registrada em órgãos como a Anvisa ou segue as recomendações do Inmetro.

4. Treine a equipe continuamente

Outro ponto fundamental para garantir a qualidade na fabricação dos produtos é o treinamento das equipes. Implante um programa de formação continuada com capacitações técnicas e teóricas, priorizando aspectos que mais podem representar riscos de falha. Também é importante realizar avaliações desses treinamentos e refazê-los, caso seja necessário.

5. Comunique-se de forma rápida e efetiva

Manter um nível de comunicação unilateral na indústria também é uma medida que ajuda a reduzir erros e garantir mais qualidade ao produto. Além de informar sobre decisões estratégicas da empresa, é importante que também sejam comunicadas mudanças de processo e necessidades de ajustes. Abrir um espaço para que os colaboradores possam comunicar erros e sugerir melhorias pode ser um diferencial e que ajudará muito na otimização dos processos e redução de custos.

6. Cuide da organização e limpeza do espaço

Não há como falar em qualidade quando o ambiente de trabalho não é mantido limpo e organizado. A Metodologia 5S pode ser implantada nesse sentido. Nesse programa de qualidade, é comum eliminar aquilo que não é necessário e só ocupa espaço, além de armazenar os utensílios de trabalho nos lugares adequados. Isso ajuda a ganhar tempo, reduzir desperdícios e melhorar a qualidade da linha de produção.

7. Corrija com rapidez os problemas identificados

Sempre que um erro for identificado ou comunicado, é imprescindível que este seja corrigido o mais rápido possível. Avise a todos os envolvidos sobre o erro e veja que medida corretiva ou paliativa pode ser adotada de imediato. Às vezes, não será possível solucionar o problema assim que ele for identificado, nesses casos, uma medida paliativa pode resolver, porém, a avaliação dos produtos finalizados precisa ser mais rígida e em escala maior.  

8. Foque na satisfação do cliente

Estar atento ao que o cliente deseja é um dos passos mais importantes do controle de qualidade, afinal, os produtos são fabricados para os clientes consumirem. A área de qualidade precisa estar alinhada à área de desenvolvimento e produção na análise de pesquisas de satisfação, reclamações de usuários e sugestões de melhoria. Somente dessa forma será possível projetar ou adaptar os produtos às necessidades dos clientes.

Dica: estar atento ao que os clientes postam e comentam nas redes sociais pode servir como um termômetro do controle de qualidade.

9. Adote checklists e indicadores de monitoramento

Para certificar-se de que todos os critérios relevantes estão sendo avaliados, elabore um checklist de auditoria interna a partir do qual poderão ser avaliados itens de todas as etapas do processo produtivo, desde a compra das matérias-primas até a avaliação de amostragem dos produtos finalizados. É essencial criar metas e indicadores relacionados a essas avaliações e compartilhá-los com gestores e equipe para que os profissionais saibam o que precisa ser melhorado e como fazer isso.

10. Invista em equipamentos que ajudem a manter o espaço em condições ideais

Por fim, observando as necessidades apontadas na legislação ou problemas observados nas auditorias de qualidade, verifique o que pode ser melhorado na infraestrutura para garantir mais qualidade ao produto e reduzir o desperdício.

Exemplo disso são climatizadores e desumidificadores de ar industriais, que ajudam a manter o ar em níveis adequados para garantir um bom estado de conservação do produto e dos equipamentos.

Solução em desumidificação de ar industrial

Para resolver o problema da umidade que afeta diversos segmentos industriais, a Bry-Air Brasil conta com linhas de desumidificadores compactos e de média vazão que atendem a ambientes de tamanhos variados e diferentes estruturas prediais.

Atual líder no mercado de desumidificadores, a Bry-Air está no mercado há mais de 50 anos oferecendo sempre as melhores soluções aos empresários que prezam por qualidade, mas sem deixar de lado a redução de custos.

Gostou dessas dicas? Então clique aqui [https://www.bryair.com.br/blog/] para acessar o Blog da Bry-Air Brasil e conferir diversos textos com informações técnicas, links para as principais legislações do setor industrial e até mesmo dicas de qualidade para o processo produtivo nas indústrias de alimentos, bebidas, medicamentos, tecnologia, agronegócios e outros segmentos.

Nós usamos cookies para personalizar anúncios, melhorar sua experiência no site, desempenho e segurança. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.