Pesquisar
    

BLOG

Componentes eletrônicos: como controlar a umidade?

 

componentes eletrônicos

A umidade é uma das grandes responsáveis pelo surgimento de defeitos de PCB e componentes eletrônicos. Por isso, é fundamental manter o controle das condições ambientais da fábrica desse segmento.

Quando os níveis de umidade e temperatura do piso de produção não são controlados adequadamente, componentes eletrônicos, insumos de custo elevado e conjuntos inteiros podem ser danificados, resultando em problemas de qualidade e custos desnecessários.

Caso esse problema chegue até o cliente final, será muito difícil de prever o custo da reparação. 

Sendo assim, trabalhar com a prevenção é a melhor maneira de se resguardar. Haja vista que dispositivos eletrônicos, placas de circuito impresso, componentes e dados são altamente sensíveis aos níveis de umidade.

Continue a leitura e saiba tudo o que você precisa para evitar surpresas indesejadas de umidade em sua operação!  

Qual a importância do controle de umidade na produção de componentes eletrônicos?

A indústria de componentes eletrônicos envolve uma série de procedimentos para a fabricação. Eles podem ser relacionados ao desenvolvimento de placas e circuitos integrados, soldagem, manuseio de equipamentos e até à administração dos componentes armazenados, como importação e aquisição.

Esses componentes absorvem a umidade do ar e podem ser danificados durante a soldagem da placa por refusão. O material plástico, por exemplo, pode se tornar um problema sério para a montagem eficaz de placas. 

Além disso, o excesso de umidade pode se transformar em vapor e criar defeitos, reduzindo o rendimento da produção. Em processamentos de alta temperatura, pode resultar na formação de bolhas (popcorn effect), fissuras (separação interna) ou delaminações (no caso de placas nuas). 

Esses defeitos internos são difíceis de serem detectados durante o processo de montagem de placas e testes, gerando um impacto negativo sobre a produção e montagem das placas eletrônicas e, posteriormente, sobre a venda dos produtos.

Portanto, controlar desde o começo a quantidade de umidade absorvida impacta diretamente na qualidade final do produto, já que os níveis de umidade excessivos e inconsistentes causam danos e defeitos nos componentes eletrônicos.

Principais problemas causados pela umidade em componentes eletrônicos

Os equipamentos eletrônicos são altamente sensíveis à umidade. Níveis insuficientes, excessivos ou em mudança causam danos e defeitos em componentes eletrônicos e apresentam riscos de segurança devido a descargas eletrostáticas, eventos de dessoldagem e componentes quebradiços e a corrosão nas trilhas das placas.

Isso ocorre porque eles lidam com cargas elétricas e, ao sofrerem com a alteração da umidade do ambiente, tem como consequência mais comum a descarga eletrostática (ESD).

Essa descarga pode ser visível, por meio de faíscas, mas isso não é uma regra e dependerá de características do circuito, ou seja, os níveis insuficientes de umidade aumentam o risco de eventos de eletricidade estática.

A concentração de moléculas de vapor de água eleva com aumento da umidade relativa do ar (UR). Dependendo da espessura das camadas de moléculas, a água pode eventualmente permitir condução iônica que acelera a taxa de corrosão das placas.

Por via de regra, a faixa de umidade recomendada é determinada pelas especificações dos fabricantes dos componentes e dispositivos que estão sendo montados. Contudo, muitos seguem os preceitos da Norma IPC/JEDEC J-STD-033B01.

Para evitar que essas descargas ocorram, é imprescindível que a umidade do local esteja controlada, pois, essa umidade pode atuar como uma película protetora junto aos circuitos, sendo fundamental para proteger os equipamentos e componentes elétricos.

Além disso, outro problema ocasionado pelo controle ineficaz de umidade está relacionado ao processo de soldagem, causando condensação no interior dos componentes, o que pode reduzir a vida útil dos produtos, devido a curtos-circuitos e mau funcionamento dos dispositivos.

Sem umidade suficiente, a pasta de solda pode secar, causando soldas fracas e produtos defeituosos, haja vista que níveis adequados de umidade contribuem para a eficácia dos processos de solda por onda e tecnologia de montagem em superfície (SMT). 

Como fazer o controle da umidade na produção de componentes eletrônicos? 

Como já citado, os componentes eletrônicos são extremamente sensíveis a variações de umidade e ocasionam falhas na produção difíceis de serem detectadas previamente. Portanto, a prevenção é primordial para quem não quer sofrer com o problema.

Além de evitar a descarga eletrostática (ESD), o controle de umidade protege as soldas dos circuitos e pode evitar a incidência de curtos-circuitos.

Para prevenir esses prejuízos, o mais recomendado é a utilização de desumidificadores industriais por dessecante  que controlam a umidade do ambiente com precisão minimizando o risco de ESD na fábrica, protegendo o equipamento e colaboradores, aumentando a produtividade ao preservar uma qualidade consistente de produção.

Desumidificador dessecante Bry-Air 

É importante reconhecer o impacto que o controle adequado de umidade possui nas indústrias de componentes eletrônicos e apostar na prevenção com a instalação de desumidificadores industriais por dessecante

O Desumidificador Dessecante Bry-Air apresenta uma série de benefícios:

  • Aumento do ROI da produção e das operações da instalação; 
  • Manutenção e melhoria da qualidade do produto; 
  • Redução de desperdício devido a componentes danificados; 
  • Melhoria da qualidade do ar interior para a saúde dos funcionários.

Afinal, sem o controle eficaz da umidade, a probabilidade de danos e defeitos em componentes e dispositivos eletrônicos, na fabricação e armazenamento, aumenta drasticamente, além de possíveis prejuízos.

Líder mundial em soluções para controle de umidade e desumidificação com presença mundial desde 1964, a Bry-Air conta com uma linha de desumidificadores dessecantes compactos que atendem a espaços de diferentes metragens, de acordo com o seu ambiente.Clique aqui e converse com um especialista da Bry-Air e encontre a melhor solução para sua empresa.

Nós usamos cookies para personalizar anúncios, melhorar sua experiência no site, desempenho e segurança. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.