Pesquisar
    

BLOG

Como controlar a umidade na indústria de papel e celulose?

indústria de papel

A indústria de papel e celulose tem sido um dos destaques da economia brasileira nos últimos anos, impulsionando o crescimento do país e atraindo investimentos de diversas empresas nacionais e internacionais. 

Contudo, para manter esse crescimento e garantir a qualidade do material produzido, é essencial investir em soluções de controle de umidade.

O papel é um material higroscópico, ou seja, absorve a umidade do ar. Isso pode causar problemas durante os processos de corte e laminação, além de prejudicar a aparência do papel e, em casos extremos, danificar os equipamentos de produção. 

Por isso, é fundamental controlar a umidade durante todo o processo fabril. E para lhe ajudar a entender mais sobre esse assunto preparamos esse conteúdo. Continue a leitura! 

 

Qual a importância do controle de umidade na indústria de papel e celulose?

O controle de umidade na indústria de papel e celulose é crucial para garantir a qualidade do produto final e evitar desperdícios. 

O papel produzido precisa ter um nível de umidade adequado para manter sua estabilidade e evitar deformações que possam comprometer sua utilização. 

Além disso, o controle de umidade também é importante para evitar a geração de eletricidade estática, que pode prejudicar o processo de embalagem e representar um risco para os trabalhadores.

Manter o nível adequado de umidade não é apenas uma questão de qualidade do produto, mas também de economia para a indústria. Quando o nível de umidade está muito baixo, o papel encolhe e perde estabilidade, o que pode levar à inutilização do rolo de papel e aumentar os custos de produção. 

Por outro lado, um nível de umidade muito alto pode causar problemas durante o armazenamento e transporte do produto final.

 

Principais problemas causados pela umidade na indústria de papel e celulose

 

O controle de umidade é um fator essencial para a qualidade do papel na indústria de papel e celulose. 

Quando não controlada adequadamente, pode causar uma série de problemas para os produtores. 

A formação de ondulações, rugas e encanoamento do papel é um dos principais problemas causados pela umidade. Essas deformações podem afetar a aparência do papel, prejudicando sua comercialização. 

Além disso, a umidade também pode ser responsável pelo surgimento de traças e microrganismos que se alimentam do papel, causando manchas, furos e danos irreversíveis.

Outro problema que pode surgir é a alteração das características físicas do papel, como a rigidez, a gramatura e a espessura, que ocorrem devido às variações de temperatura e umidade. 

A proliferação de bolor é  uma consequência comum causada pela umidade, o que pode levar à contaminação do papel e danificá-lo. Durante o transporte do papel, também é necessário manter os níveis equilibrados de umidade, já que podem ocorrer choques térmicos no percurso.

A umidade excessiva também pode prejudicar a conservação das máquinas. As peças metálicas das máquinas podem sofrer oxidação e ferrugem, se a umidade não for controlada adequadamente. 

Portanto, o controle de umidade é fundamental para garantir a qualidade do papel e evitar prejuízos para a indústria. 

Ou seja, para evitar esses problemas, a indústria de papel e celulose deve investir em tecnologias e equipamentos que permitam o controle preciso da umidade durante todo o processo de produção e armazenamento. 

Além disso, é importante que os profissionais que trabalham na indústria estejam conscientes da importância do controle de umidade e dos cuidados necessários para garantir a qualidade do produto final.

 

Como fazer o controle da umidade na indústria de papel e celulose? 

 

O controle de umidade é essencial para a indústria de papel e celulose e para garantir a qualidade do produto final, sendo indispensável que a fábrica tenha um rígido controle de umidade em todas as etapas de produção, armazenagem e transporte, já que a alta umidade pode causar diversos problemas como rugas, ondulações, encanoamento, entre outros. 

Portanto, a utilização de desumidificadores industriais Bry-Air é uma solução eficiente para evitar esses problemas e garantir a qualidade dos produtos

Os desumidificadores industriais Bry-Air  garantem que o nível de umidade do ambiente seja mantido impedindo a proliferação de fungos e outras bactérias que podem contaminar os produtos e prejudicar as máquinas.

Além disso, a utilização desses equipamentos impede a formação de partículas suspensas no ar dentro dos instrumentos, garantindo que os equipamentos funcionem corretamente, sem paradas repentinas que desaceleram a cadeia produtiva.

A Bry-Air Brasil é líder mundial em soluções para controle de umidade e desumidificação, e oferece uma ampla gama de desumidificadores de ar industriais, incluindo a série FFB, que é compacta e pode ser instalada em espaços de diferentes tamanhos.

Clique aqui e converse com um especialista da Bry-Air para encontrar a melhor solução para sua empresa.

Nós usamos cookies para personalizar anúncios, melhorar sua experiência no site, desempenho e segurança. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.