BLOG

Como a umidade interfere na indústria de panificação? 

O controle de umidade é essencial no processo de fermentação na indústria de panificação, reduzindo custos e garantindo qualidade

Entenda por que é necessário controlar a umidade para garantir a qualidade do produto

O pão é um dos itens indispensáveis no café da manhã e no lanche da tarde dos brasileiros. Não à toa, a indústria de panificação está entre os maiores segmentos industriais do país e representa cerca de 36% da produção nacional de alimentos, segundo dados do SEBRAE.

Nesse processo de produção em larga escala, é evidente que a gestão dos custos e o controle de qualidade são aspectos que andam de mãos dados, afinal, o desafio das indústrias no cenário econômico atual é reduzir o desperdício e oferecer um produto de qualidade aos consumidores, ainda mais quando se trata de alimento.

E é nesse sentido que entra o controle da umidade no processo de fabricação de pães. Para entender essa relação, é preciso saber que uma das etapas mais importantes da fabricação de pães é a fermentação e o nível de umidade e a temperatura correta são elementos essenciais para que a fermentação ocorra de maneira adequada.

A recomendação para se obter uma boa fermentação é que a temperatura da massa do pão esteja entre 22°C e 28°C e a umidade relativa do ar igual a 75%.

Para se ter uma ideia, em dias mais chuvosos, a umidade do ar pode ultrapassar os 90%, sendo muito arriscado manusear a massa do pão em ambientes sem controle de umidade e de temperatura.

Isso porque, durante o processo de fermentação, micro-organismos se ativam e iniciam a ação fermentativa da massa expandindo o volume interior da massa. Em resumo, é a fermentação que faz o pão crescer e ficar com a textura macia.

Quando ocorre esse processo, bolhas estouram e eliminam CO2 da massa, porém, com a umidade controlada, uma película protetora se forma em torno da massa impedindo que todo o gás carbônico saia, mantendo-a no formato, tamanho e consistência ideais.

Além da textura da massa, a umidade pode representar outros riscos para a fabricação de pães. São eles:

  • Formação de bolor no trigo e fermento em pó utilizados na fabricação;
  • Surgimento de fungos e mofo no pão após a fabricação e no estoque das embalagens;
  • Desperdício de massa e pães já fabricados que não estejam em condições adequadas de consumo.

Recentemente, explicamos um pouco sobre o papel da umidade nas leveduras e fermentos biológicos secos. Clique aqui para ler o artigo.

Como controlar a umidade na fabricação de pães?

Como o nível de umidade precisa ser controlado de forma precisa, o ideal é utilizar um sistema de desumidificação de ar com controle digital. O desumidificador por dessecante realiza o processo de adsorção da umidade do ar, eliminando o excesso de água na área externa do ambiente de fabricação.

A Bry-Air Brasil é uma empresa especializada na fabricação e comercialização de desumidificadores de ar industriais e possui em seu portfólio de produtos uma linha de desumidificadores compactos, ideais para área de fabricação de alimentos.

A série FFB de desumidificadores de ar é comercializada em diversos modelos que atendem a espaços com áreas de diferentes tamanhos e podem ser instalados em vários tipos de estruturas prediais, de forma fácil e prática.

Com o desumidificador de ar na área de fabricação de pães os principais benefícios são:

  • Controle rigoroso dos níveis de umidade recomendado;
  • Garantia da qualidade dos produtos fabricados;
  • Evita o desperdício;
  • Reduz custos de produção.

Para saber mais detalhes sobre os desumidificadores de ar da Bry-Air e conhecer mais vantagens que o equipamento pode proporcionar para sua indústria de panificação, clique aqui e fale com um de nossos consultores especializados.

Nós usamos cookies para personalizar anúncios, melhorar sua experiência no site, desempenho e segurança. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.